CloudFlare – Perguntas Frequentes

0
388
views

WebTuga CloudFlare CDN

O que é o CloudFlare?

CloudFlare é um serviço de melhoria de performance e segurança que fornecemos aos nossos clientes que tem um funcionamento semelhante a uma CDN (Content Delivery Network). Em média, um site com o serviço CloudFlare irá carregar 40% mais rápido, utilizar 60% menos tráfego. O CloudFlare irá também reduzir até 65% os pedidos ao servidor e tornar o seu site muito mais seguro com uma camada de segurança adicional.

Qual é a associação entre a WebTuga e o CloudFlare?

CloudFlare é um fornecedor 3rd party que está a oferecer aos clientes da WebTuga a solução CloudFlare através de uma parceria estabelecida entre ambas as entidades. Esta parceria foi anunciada no seguinte post: WebTuga – CloudFlare Hosting Provider Partner

As nossas equipas encontram-se activamente empenhadas em tornar o serviço CloudFlare o mais eficaz possível e por esta razão pretendemos saber a sua opinião acerca do serviço. Poderá contactar com a equipa WebTuga ou directamente com o suporte CloudFlare através do endereço support@cloudflare.com.

Como funciona a tecnologia CloudFlare?

A tecnologia CloudFlare funciona como uma reverse proxy. O que isto significa é que, quando o seu site se torna parte da comunidade CloudFlare, o tráfego do mesmo será redireccionado através da rede global CloudFlare.

A rede CloudFlare irá automaticamente optimizar a entrega das suas páginas web fazendo cache do conteúdo estático do seu site como por exemplo CSS, Javascript e imagens. O CloudFlare irá também bloquear ameaças e limitar bots abusivos antes destes chegarem ao seu servidor, o que garante menos consumo de tráfego/largura de banda e uma redução do consumo de recursos do servidor.

Onde estão localizadas as Datacenters da rede CloudFlare?

A rede CloudFlare tem actualmente mais de uma dezena de PoPs. Em cada um destes pontos o serviço CloudFlare faz cache e filtro de bots e ameaças. Serão em breve adicionadas novas datacenters em diferentes localizações do Mundo para uma melhor distribuição dos conteúdos.

Que tipo de sites podem utilizar o CloudFlare?

Praticamente todos os sites poderão utilizar o CloudFlare. O serviço CloudFlare funciona tanto em sites estáticos como em sites dinâmicos.

O CloudFlare não é no entanto adequado para sites que façam stream de video ou audio directamente do servidor de origem. Se utiliza videos do YouTube ou Vimeo embutidos no seu site, poderá utilizar o CloudFlare sem problemas.

O meu site utiliza SSL. O que poderei fazer?

Se o seu site utiliza SSL, poderá também usar o CloudFlare, no entanto existe um passo adicional. Se o seu SSL tiver no seu próprio sub-dominio, então assegure que esse sub-dominio está marcado com uma núvem cinza no painel de controlo. Caso o seu SSL estiver no seu dominio “root” ou “www”, então terá de efectuar o upgrade para o plano pago “Pro Service” e seguir as indicações aqui descritas.

O CloudFlare acelera e protege o meu domínio de raiz?

CloudFlare apenas pode acelerar e proteger CNAMES. Visto que o seu root-domain (domínio de raiz) é uma entrada A, recomendamos a que redireccione todo o seu tráfego para o sub-domínio ‘www’ através do ficheiro .htaccess. Se não efectuar o redireccionamento, apenas o tráfego do endereço www.omeudominio.com será acelerado e protegido pelo CloudFlare (assim como as estatísticas) e nenhum do tráfego do omeudominio.com será servido através da rede CloudFlare e contabilizado nas estatísticas do serviço.

Existem sub-domínios em que não deverei activar o CloudFlare?

Os Sub-domínios incluídos na rede CloudFlare irão aparecer marcados com uma nuvem cor-de-laranja no seu painel de controlo. Por outro lado, os sub-domínios em que o serviço CloudFlare não estiver activo irão aparecer com uma nuvem cinza.

A rede CloudFlare permite apenas fazer de proxy para o tráfego web através das portas 80 e 443. Os seguintes sub-domínios devem aparecer com uma núvem cinza de forma a prevenir problemas de performance e funcionamento dos seus services:

cpanel
direct
ftp
ghs.google.com
mail e webmail
mysql
nameservers (NS1, NS2, NS3)
secure* (a menos que tenha o serviço pago CloudFlare SSL)

Poderá verificar a lista complete de sub-domínios na seguinte página:
http://www.cloudflare.com/wiki/What_subdomains_are_appropriate_for_orange_/_gray_clouds%3F

Activei o CloudFlare na minha conta WebTuga. Terei também que criar uma conta no site CloudFlare.com? Qual é a diferença?

Uma vez activo o serviço CloudFlare na sua conta WebTuga, irá também obter uma conta em www.cloudflare.com. No seu painel de controlo na WebTuga poderá verificar Estatísticas e opções básicas do CloudFlare. Para verificar mais estatísticas, ter acesso ao painel de controlo de ameaças (Threat Control panel) e a todas as opções do CloudFlare, terá que efectuar autenticação na sua conta em www.cloudflare.com.

Dica: Para aceder à sua conta pela primeira vez, insira o seu endereço de e-mail associado com a sua conta WebTuga e utilize a opção “I forgot my password” no site da CloudFlare

Tentei utilizar o CloudFlare mas tive problemas. O que devo fazer?

Quando activar o serviço CloudFlare, não deverá verificar nenhuma diferença notável no seu site. Se o seu site está a demorar a carregar após ter activado o CloudFlare, é provável que exista um problema.

Em primeiro lugar, deverá desactivar o serviço CloudFlare clicando em cima da nuvem cor-de-laranja no seu painel de forma a que esta fique cinza. De seguida denuncie o problema à WebTuga. A equipa WebTuga irá trabalhar em conjunto com a CloudFlare de forma a resolver o problema.